As artes na Lagoa da Pampulha

Cada dia está mais bonito, cheio de projetos famosos de arquitetura, arte e paisagismo de todo o mundo Nossa Pampulha ganhou mais cor e vida!

No mês de janeiro a grafiteira belo-horizontina Denise Sobrinho, a Dninja, deu nova vida ao Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego, conhecido como Parque Ecológico da Pampulha.

Quem passa pela Avenida Otacílio Negrão de Lima, 6.061, já pode admirar a surpreendente pintura que ocupa a lateral da portaria principal. Ali, numa área de 90 m², pássaros, flores e jardins encantam os transeuntes.

A pintura é parte do Movimento Gentileza, projeto social de Ana Laender, com apoio da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, e faz parte de uma série de melhorias estruturais do parque, realizadas com respeito aos protocolos e normas de prevenção à covid-19.

De acordo com os idealizadores, a pintura é um “alento para quem passa este momento difícil”. “A arte de Dninja é alegre, inspiradora e traz uma mensagem de esperança, que tanto precisamos em 2021. Desejo que este novo Mural Gentileza traga um fôlego de vida para a cidade neste momento tão delicado, principalmente para quem transita pela região da Pampulha, e se transforme em um atrativo a mais para os visitantes que voltarão a usufruir do parque na ocasião de sua reabertura”, afirma Ana Laender. Além dessa ação, serão realizadas intervenções no interior da portaria e em outros pontos do parque.

Inspiração nas aves

A artista conta que o interesse por pássaros é antigo – só que, inicialmente, ela se dedicava a aves bem particulares, que nominava como “bichos-coisa”, por não serem identificadas na natureza. Seres imaginários com traços reais. “Um dia, porém, um amigo, biólogo, me mandou um link de aves bem exóticas, e me interessei em agregá-las ao meu trabalho, uma vez que já fazia aves”, relembra. Começava, aí, uma história que já soma dez anos, embora ela já contabilize 23 anos de grafite. “Na verdade, acho que fui a primeira mulher no grafite na cidade”, relata.

Via: Viva Pampulha