Prefeitura de BH planeja vacinar esta semana mais 90 mil pessoas contra Covid

Belo Horizonte espera que pelo menos 90 mil pessoas sejam vacinadas contra a Covid até o final desta semana. Foi lançado novo telefonema para recebimento de doses, e nesta sexta-feira (2), moradores de 49 anos podem comparecer ao posto de saúde. No entanto, a cidade vai arrecadar mais remessas de outros grupos que precisam de imunidade.

Desde segunda-feira (28), CoronaVac, Pfizer e Janssen são aplicadas em pessoas de 52, 51 e 50 anos. A expectativa é que 64 mil pessoas sejam contempladas. Na sexta, serão mais 26 mil belo-horizontinos: os que atinjam 49 anos até 31 de julho.

Nesta quinta (1°), a campanha segue para públicos já convocados, mas que não tomaram a primeira dose – ou estão com a segunda atrasada. É preciso ficar atento. A imunização acontece exclusivamente nos locais listados no portal da prefeitura (clique aqui). 

“Caso o usuário compareça em unidades diferentes daquelas definidas, não será realizada a vacinação”, informa nota da PBH. Devido à logística e para evitar aglomerações, os locais são dinâmicos e passam por alterações diárias. 

Ampliação
Com a vacinação de moradores com 49 anos, BH passa a integrar a lista de pelo menos dez cidades da região metropolitana que já imunizam pessoas com menos de 50. A relação completa e as datas podem ser conferidas nessa reportagem, publicada nessa quarta-feira (30) pelo Hoje em Dia.

Na terça (29), o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, disse que a administração municipal poderia ampliar a campanha até os 43 anos nas próximas semanas, caso a capital recebesse mais 180 mil doses.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que segue as diretrizes do Programa Nacional de Imunizações e “reforça que o cumprimento do calendário está condicionado aos envios de doses pelo Ministério da Saúde”. Nessa quarta, a SES recebeu 624 il unidades da AstraZeneca. Nova remessa, da Pfizer, deve chegar hoje.

Já o Ministério da Saúde garantiu que a pasta tem enviado doses aos estados semanalmente, juntamente com recomendações sobre os grupos que devem ser priorizados. No entanto, autonomia sobre a aplicação é dos municípios.

Serviço
Para se vacinar, é preciso morar na capital e apresentar documento com foto. Se a pessoa tiver recebido vacina contra outra doença nos últimos 14 dias, precisa aguardar. Ela também não pode ter sido contaminada com a Covid-19, com início de sintomas nos últimos 30 dias.

O horário de funcionamento dos pontos extras e fixos é das 7h30 às 16h30, e das 8h às 16h30 nos pontos de drive-thru.