Um pouco da cultura e arquitetura da Pampulha

Como todos sabemos, a região da Pampulha é famosa por sua rica arquitetura e cultura, o que deixa os mineiros orgulhosos.

O mais interessante é que cada dia esse patrimônio se expande seja por meio de novos projetos ou pela iniciativa de moradores e empreendedores locais. Hoje vamos contar a história da curadora e proprietária Fernanda Trombino, fundadora da loja de artesanato Xapuri Brasil, que se tornou conhecida internacionalmente.

Online e com sede no tradicional restaurante Xapuri que recebe aproximadamente 8.800 pessoas por mês, a loja é frequentada por artistas, decoradores, arquitetos, pessoas de diferentes países e de todo Brasil.

“Atravessamos fronteiras divulgando o artesanato brasileiro através de showroom de produtos no espaço VIP do Aeroporto Internacional de Confins, em Minas Gerais e em prateleiras de hotéis nacionais e internacionais”, enaltece Fernanda.

A curadora atuava no mercado da arte popular e de artesanato desde o início dos anos 90. Inicialmente com o Armazém Zeca Gomes, que posteriormente transformou-se na Xapuri Brasil. Sempre em busca das novidades e do melhor de cada região do Brasil, Fernanda até hoje “vibra e se emociona” ao ver a capacidade e habilidade de cada artista na confecção de suas peças.

Ela está à frente das escolhas de cada produto da Xapuri Brasil e faz isso com um olhar sensível e apurado bom gosto, que está no seio da família tradicional da Pampulha. “

Queremos através de nossos produtos difundir a riqueza da natureza, a cultura e as histórias do não só da nossa região mas do nosso Brasil. O maior valor está nas pessoas, artistas que produzem as obras que difundimos por todo o país”.

O legado vem de família. O pai de Fernanda já promovia estas buscas pelo Brasil afora, o que lhe conferiu pelos amigos o carinhoso título de Caixeiro Viajante. Hoje, além de gerir a Xapuri, a proprietária oferece consultoria à outras lojas, arquitetos e empresas. A loja Xapuri Produtos Artesanais foi inaugurada em 1987 dentro do Xapuri.

No início eram comercializados apenas panelas de ferro e doces caseiros, mas, com o grande sucesso dessa iniciativa, surgiu a ideia de levar aos clientes o melhor do artesanato brasileiro.

Via: Viva Pampulha