Entenda a nova tendência de Condomínios Sustentáveis na Pampulha

A preocupação dos recursos naturais tornou-se uma tendência muito forte na Pampulha, e esse fator ecológico moldou a proteção ambiental de todo o projeto de infraestrutura.

Com isso, a busca por condomínios sustentáveis aumenta a cada dia atraindo moradores que buscam contato com a natureza aliado a qualidade de vida com consciência ambiental. .

Contato com a natureza e consciência

Os condomínios sustentáveis trazem um projeto de beleza incomparável, utilizando a beleza natural do próprio local para criar uma paisagem única. É o caso do Lares da Mata, um empreendimento da Terrazi Urbanismo, junto com a Incorporadora Lares da Mata e construção da Marítima Engenharia, é o primeiro condomínio fechado sustentável da Pampulha, com apenas 28 casas. Trata-se de um modelo de ocupação de espaço urbano com total preservação ambiental com moradias instaladas em uma bela área de 23.500 m2 e nela 17.625 m2 de área total verde entre mata e o paisagismo. O belíssimo paisagismo do empreendimento é referenciado em Burle Marx, utilizado no conjunto modernista da Pampulha.

Economia de recursos

Outra característica ímpar em um condomínio sustentável é a economia de recursos, trazendo uma série de características a favor do meio ambiente e da economia do morador.

No Lares da Mata, por exemplo, esse recurso é fortemente utilizado; As casas contam com placas fotovoltaicas para geração de energia, com possibilidade de economia na conta de luz e reservatório de captação de água de chuva.

Vale destacar também que dentre outros benefícios previstos está a redução da taxa de condomínio. Atualmente não existe nada parecido na Pampulha ou em outra região da cidade.

Responsabilidade ambiental

Outro diferencial desses projetos amigos do meio ambiente é a preservação dos recursos naturais e responsabilidade com a geração de resíduos, emissão de gases e etc.

Desde a concepção do projeto do Lares da Mata foram criadas diretrizes voltadas para essas soluções verdes como a preservação de uma nascente que jorra 30 mil litros de água/dia localizada dentro do condomínio, que continuam em seu leito natural, abastecendo a Lagoa da Pampulha com água totalmente limpa e intocável, além da coleta seletiva de lixo no empreendimento e o descarte de óleo de cozinha.

O Lares da Mata possui ainda 75% da área em jardins e mata preservada, espaço zen dentro da mata para momentos de paz e contato com a natureza, e uma estação para carro elétrico. O objetivo, além de preservar o meio ambiente é de conscientizar os futuros moradores sobre a importância de um modelo de vida sustentável

Via: Viva Pampulha.