Projeto planeja tornar Mineirinho e orla da Pampulha parada obrigatória para turnês internacionais

Projeto se dá apos os estudos para concessão do Aeroporto da Pampulha serem concluídos.

Os estudos para concessão do Aeroporto da Pampulha foram concluídos. As consultas públicas começam em fevereiro e o aeroporto deve passar a ser o principal centro de aviação executiva do país, secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

O Governo de Minas também tem planos dentro do complexo da Pampulha para o ginásio Mineirinho. A ideia é transformar o espaço em um centro de entretenimento e gastronomia. O objetivo é que Belo Horizonte seja uma parada obrigatória para turnês internacionais, apostando no combo aeroporto e arena fechada para entretenimento, ambos no entorno da Lagoa da Pampulha, conjunto arquitetônico que é patrimônio da humanidade

“Esse é um projeto muito caro aos mineiros e a quem mora em Belo Horizonte. A Pampulha é um aeroporto icônico, que conversa com todo o conjunto histórico. Os estudos foram concluídos agora, em novembro, e já teremos a publicação de edital em julho, porém as consultas públicas já se iniciam em fevereiro”, disse o secretário.

Segundo ele, a concessão vai permitir um desenvolvimento imobiliário forte e o desenvolvimento de um mercado de negócios na região, que, hoje, Belo Horizonte não tem.

“Com a capacidade que Belo Horizonte tem, em termos de camas de hotéis, infraestrutura e também de entretenimento, a Pampulha passa a ser o centro, arriscaria dizer não só do Sudeste, mas o centro nacional de desenvolvimento de negócios”, afirmou.

“O plano para o Mineirinho é transformá-lo não só numa arena, mas num centro de entretenimento e gastronomia, aproveitando a proximidade com UFMG e com Aeroporto da Pampulha”, finalizou.

Via: itatiaia